Revolução Russa: Cem anos das Teses de Abril

Ysmail X, publicado originalmente n’A Centelha nº 8 A Revolução Russa de Fevereiro de 1917, em cinco dias apenas, derrubou o czarismo. As organizações e partidos da burguesia, vendo que o poder caía na rua, reagiram o mais depressa que puderam para nomear um governo em defesa dos seus interesses. Mas os trabalhadores já se…

Precariedade, nem no Estado nem no privado!

Bruno Penha, Socialismo Revolucionário Lisboa, publicado originalmente n’A Centelha nº 8 Posto de forma simples, um trabalhador precário é aquele que presta serviços de cariz regular sem qualquer tipo de protecção laboral. Este trabalhador chega a ter as mesmas tarefas e obrigações de colegas a contrato, mas sem nenhum dos seus direitos. Este trabalhador pode…

Mário Soares: Herói da democracia ou da burguesia?

Luís Sombreireiro, Socialismo Revolucionário Lisboa O recente falecimento de Mário Soares — líder histórico do Partido Socialista (PS), primeiro ministro de Portugal entre 1976 e 78 e entre 1983-85, mais tarde Presidente da República — mereceu forte cobertura mediática, honras de Estado e uma discussão sobre a sua vida política. Existe uma opinião dominante: a…

O combate à extrema-direita hoje

João Gorizia, Socialismo Revolucionário Lisboa, publicado originalmente n’A Centelha nº8 Cem anos volvidos sobre a vitória da Revolução Socialista na Rússia, o estado de desorganização e despolitização da classe trabalhadora a nível mundial é, ainda, um factor preponderante na situação actual. Com as direcções de esquerda incapazes de apresentar uma alternativa credível à maioria dos…

Lei da nacionalidade: uma análise marxista

Jonas Van Vossole, Socialismo Revolucionário Coimbra No dia 2 de Fevereiro deste ano, foram apresentadas no parlamento duas propostas de alteração da lei da nacionalidade. Uma do PSD e uma do Bloco de Esquerda (BE). A proposta do PSD procurava dar a nacionalidade portuguesa a netos de emigrantes portugueses, mesmo que não falassem a língua,…