Orçamento do Estado 2019: o preço da capitulação

Editorial d’A Centelha nº 16 Há um ano atrás analisávamos o Orçamento do Estado (OE) de 2018 e alertávamos para o preço da desmobilização, o preço pago pelos trabalhadores dada a política de paz social levada a cabo pelas direcções reformistas das principais organizações dos trabalhadores: BE, PCP e CGTP. No final de um ano,…

Estivadores: uma luta que é de todos

Gonçalo Romeiro, Socialismo Revolucionário Lisboa, artigo d’A Centelha nº 16 A guerra contra a precariedade nos portos é antiga, tão antiga quanto a própria actividade de estiva. Nos últimos anos ela tem-se centrado na actividade do antigo SETC – Sindicato dos Estivadores, Trabalhadores de Tráfego e Conferentes Marítimos do Centro e Sul de Portugal, um…

Call Centers, um sector económico em crescimento

Bruno Penha, Socialismo Revolucionário Lisboa, artigo d’A Centelha Internacional nº 0 Numa fase de fraco crescimento económico o sector dos call centers tem tido um grande crescimento em portugal. De acordo com Associação Portuguesa de Contact Centers (APCC) haviam 81.615 trabalhadores de call center em 2017, praticamente três vezes mais do que em 2015 (quando…

Brasil: A resistência começa já! Contra Bolsonaro, defender os direitos democráticos e barrar a contrarreforma da previdência!

Declaração da LSR – Liberdade, Socialismo e Revolução, CIT no Brasil A vitória de Jair Bolsonaro no segundo turno das eleições brasileiras representa um enorme retrocesso político para o país e o povo brasileiro. Não cabe a nós compartilhar do cinismo dos analistas burgueses sobre a legitimidade do pleito e a consolidação das instituições democráticas.…