Cancelar a propina. Reconquistar a educação!

João Gonçalves, Socialismo Revolucionário Coimbra, artigo d’A Centelha nº 13 Milhares de jovens vêem-se forçados a abandonar o Ensino Superior. As despesas em propinas, taxas, alojamento, transportes e alimentação são de tal maneira elevadas que muitos nem o consideram, até porque o diploma já não é garantia de emprego, nem de um futuro livre de…

Parar os ataques à educação pública!

Minerva Martins, Socialismo Revolucionário Lisboa. Artigo d’A Centelha, nº 12. Segundo declarações oficiais, o actual plano para a Educação tem revertido o desinvestimento e a degradação das escolas e universidades. Mas para as famílias trabalhadoras e pobres, não existem dúvidas: o actual plano assenta na continuidade da austeridade aplicada à Educação pública, na degradação das…

Por uma luta organizada dos estudantes

Minerva, Socialismo Revolucionário Lisboa, publicado originalmente n’A Centelha nº7 Perante um cenário de crescente degradação e elitização do ensino público, cujas consequências recaem sobretudo sobre as famílias de classe trabalhadora, os estudantes devem organizar-se democraticamente e construir organizações capazes de responder eficazmente à insatisfação generalizada, direcionando-a para vitórias significativas que despertem a força do movimento…

Toda a solidariedade com a Associação de Estudantes da FCSH!

Declaração do Comité Nacional do Socialismo Revolucionário A actual Direcção da Associação de Estudantes (DAE) da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) da Universidade Nova de Lisboa foi democraticamente eleita pelos estudantes da faculdade com um programa de esquerda que a comprometeu com o combate a todas as formas de opressão. Quando o grupo…

Aos estudantes que lutam

Ysmail X e Afonso Jantarada, Socialismo Revolucionário Lisboa, publicado originalmente n’A Centelha nº6 Revolução e contra-revolução na universidade O artigo da camarada Minerva Martins no nº4 d’A Centelha já expôs muito sucintamente as transformações que o Ensino Superior sofreu com a Revolução Portuguesa de 1974. Entre estas, as mais determinantes foram a gratuitidade do ensino…

Fees Must Fall: Lições do movimento anti-propinas

Trevor Shaku, Socialist Youth Movement, juventude do Workers and Socialist Party – CIT na África do Sul A “segunda vaga” da luta pela educação gratuita está a fraquejar. Tal deve-se, incontestavelmente, a vários factores, incluindo forças que são a favor e contra a causa. As forças pela educação gratuita estão supostamente incorporadas no movimento Fees…