O mínimo para sair da pobreza

Editorial d’A Centelha nº 14 Recorrendo a palavras da direcção da CGTP-IN, devemos começar por dizer que “Tendo o SMN sido implementado em 1974, caso evoluísse até hoje, de acordo com a inflação e produtividade verificada, o seu valor corresponderia a 1.267€, em 2018”. Actualmente, o salário mínimo nacional (SMN) é 580€, após a subida…

EUA: as lições da revolta da classe trabalhadora na Virgínia Ocidental

Artigo de Charles Cannon, militante do Socialist Alternative, secção do CIT nos EUA. Originalmente publicado a 12 de Março de 2018, em inglês, no website do Socialist Alternative. “Até que assinem, estamos fechados!”, entoavam professores de Virgínia Ocidental provenientes de todos os 55 condados do estado numa manifestação no edifício do capitólio, no oitavo dia…

O Processo Triumph: A Importância da Solidariedade de Classe

Diana Rato, Socialismo Revolucionário Lisboa. Artigo d’A Centelha, nº 13. Ao longo de 19 dias, as 463 operárias da antiga fábrica da Triumph em Sacavém, Loures, mantiveram uma vigília permanente à porta da fábrica de forma a proteger o seu património como garantia dos seus direitos mais elementares — como o pagamento de salários em…

A Luta dos Enfermeiros

Mariana Mourinho e Ângela Sankara, Socialismo Revolucionário Lisboa. Artigo d’A Centelha, nº 12. O Serviço Nacional de Saúde A conquista do Serviço Nacional de Saúde (SNS), implementado em 1979, possibilitou à classe trabalhadora o acesso gratuito a cuidados médicos que antes do período revolucionário lhe eram vedados. Entre 2010 e 2015, anos do Governo PSD/CDS,…