“Paz, pão e terra”: o programa dos Bolcheviques

Gonçalo Romeiro, publicado originalmente n’A Centelha nº 9 Entrava-se no mês de Maio (de acordo com o antigo calendário Juliano) e o ritmo dos acontecimentos era alucinante. A situação de duplo poder, analisada no artigo “Cem anos das Teses de Abril” publicado no número anterior d’A Centelha, levou a uma crise revolucionária de disputa de…

Revolução Russa: Cem anos das Teses de Abril

Ysmail X, publicado originalmente n’A Centelha nº 8 A Revolução Russa de Fevereiro de 1917, em cinco dias apenas, derrubou o czarismo. As organizações e partidos da burguesia, vendo que o poder caía na rua, reagiram o mais depressa que puderam para nomear um governo em defesa dos seus interesses. Mas os trabalhadores já se…

Lei da nacionalidade: uma análise marxista

Jonas Van Vossole, Socialismo Revolucionário Coimbra No dia 2 de Fevereiro deste ano, foram apresentadas no parlamento duas propostas de alteração da lei da nacionalidade. Uma do PSD e uma do Bloco de Esquerda (BE). A proposta do PSD procurava dar a nacionalidade portuguesa a netos de emigrantes portugueses, mesmo que não falassem a língua,…

Janeiro de 1917 – Na véspera da revolução

Niall Mulholland, Comité por uma Internacional dos Trabalhadores Traduzido por Luís Moreira O Socialismo Revolucionário irá publicar uma série de artigos que analisam e explicam, mês a mês, os tempestuosos eventos do ano revolucionário da Revolução Russa. O primeiro desta série, por Niall Mulholland, analisa os eventos e a situação durante Janeiro de 1917. O…

A natureza do Estado e a irreformável União Europeia

Entrevista a Paul Murphy, deputado irlandês Paul Murphy é militante do Socialist Party da Irlanda, foi eleito pela Aliança Anti-Austeridade para o parlamento irlandês e esteve como convidado, no passado mês de Junho, na Convenção do Bloco de Esquerda. A Centelha: Paul, foste reeleito deputado do parlamento irlandês. Consideras existir espaço, actualmente, para práticas e…

Organização e classe no PREC

Jonas Van Vossole, Socialismo Revolucionário Coimbra As recentes lutas sociais em vários países da Europa fizeram ressurgir a questão da organização. Como melhor combater a austeridade e o capitalismo? Através de assembleias populares, como em 2011 e agora novamente no movimento Nuit Debout, em França? Através de partidos amplos como o Syriza ou o Podemos?…