Honduras: rebelião popular contra a fraude eleitoral e a fome. Fora JOH!

Artigo originalmente publicado no site da Izquierda Revolucionaria, CIT no México. Tradução de Carolina Burgos, Esquerda Online. Honduras vive nesse momento um dos episódios mais dramáticos da luta de classes na América Central. Desde 2009, quando a população saiu massivamente em repúdio ao Golpe de Estado contra o então presidente Zelaya, não tínhamos presenciado esse…

25º aniversário: Manifestação de Jovens contra o Racismo na Europa em Bruxelas com mais de 40 mil

Artigo de Geert Cool, originalmente publicado em socialistworld.net a 24 de Outubro de 2017. 24 Outubro 1992, jovens de toda a Europa chegam a Bruxelas para se manifestar contra o racismo e o fascismo. À frente da manifestação, organizada pela Youth Against Racism in Europe (YRE)[1], estão milhares de ‘Blokbusters’. Geert Cool, porta-voz pela campanha…

Catalunha: só a classe trabalhadora pode conquistar a independência

Editorial d’A Centelha nº11, Outubro/Novembro de 2017 Nove dias após o referendo e a vitória retumbante do direito “Sim” à independência, Carles Puigdemont, presidente da Generalitat de Catalunya — o governo autónomo —, realizou uma manobra política sem precedentes: declarou uma independência suspensa. Haverá maior demonstração da impotência do independentismo burguês? A contraditória posição do…

Violência policial selvagem e resistência exemplar do povo da Catalunha! Greve Geral dia 3 de Outubro contra a repressão e pelo direito a decidir!

Comissão Executiva da Esquerda Revolucionária — CIT no Estado espanhol Abaixo o governo do PP! Retirada imediata das forças repressivas! Milhares de agentes da polícia e da guarda nacional aplicaram uma repressão selvagem para impedir o direito ao voto no referendo de 1 de Outubro. Entrando em confronto directo com dezenas de milhares de cidadãos, famílias,…

Venezuela: fazer o jogo da direita?

Artigo de Bruno Penha, Socialismo Revolucionário Lisboa. Nota dos editores: este texto foi originalmente escrito para o esquerda.net, plataforma para a qual foi enviado há mais de 10 dias. Desde então ainda não foi publicado e todas as tentativas de contactar o esquerda.net e o seu organizador Carlos Santos, visado no texto, foram frustradas.  …