Os novos passes sociais: uma renda para o capital

Artigo de Sofia Cazel, Socialismo Revolucionário A subida brutal das rendas, que resultou na expulsão massiva de trabalhadores dos centros de Lisboa e do Porto para cada vez mais longe, os salários de miséria e os preços absurdos dos passes — que chegavam a 30% do salário mínimo —, geraram uma situação em que um…

As eleições europeias e as lutas de classes

Artigo de Ismail X, Socialismo Revolucionário Não é um acaso que a abstenção tenha sido a vencedora na maioria das eleições europeias. A crise dos órgãos da democracia burguesa é internacional, e duas décadas de políticas de ataques aos direitos laborais e de cortes nos serviços e no investimento públicos deixaram a sua marca na…

Editorial: Contra a lei da requisição civil: greve geral!

Editorial d’A Centelha nº 17 Para entender o momento em Portugal, é fundamental entender o estado internacional do capitalismo. De Paris a Port-au-Prince, há protestos que não se vergam nem perante a repressão mortal. Na Índia eclodem as maiores greves da História. A China é assolada por greves “selvagens” sector após sector e mesmo nos…

Orçamento do Estado 2019: o preço da capitulação

Editorial d’A Centelha nº 16 Há um ano atrás analisávamos o Orçamento do Estado (OE) de 2018 e alertávamos para o preço da desmobilização, o preço pago pelos trabalhadores dada a política de paz social levada a cabo pelas direcções reformistas das principais organizações dos trabalhadores: BE, PCP e CGTP. No final de um ano,…

Dos cravos à geringonça – A crise da esquerda portuguesa

Artigo de Gonçalo Romeiro, Socialismo Revolucionário Lisboa Este artigo é uma versão actualizada e adaptada do artigo escrito no Verão de 2017 para o livro Die Linke International (A Esquerda Internacional), editado pela Manifest Verlag, em Março do ano corrente. A história da esquerda portuguesa é uma história peculiar. É marcada por três elementos chave:…

Mário Soares: Herói da democracia ou da burguesia?

Luís Sombreireiro, Socialismo Revolucionário Lisboa O recente falecimento de Mário Soares — líder histórico do Partido Socialista (PS), primeiro ministro de Portugal entre 1976 e 78 e entre 1983-85, mais tarde Presidente da República — mereceu forte cobertura mediática, honras de Estado e uma discussão sobre a sua vida política. Existe uma opinião dominante: a…