Massacre em Suruç

Posted on 2 de Agosto de 2015 por

0


suruc-bombing

Populações curdas e turcas pagam o preço pelo apoio de Erdogan ao ISIS

Sosyalist Alternatif (CIT na Turquia)

 

Hoje [dia 20/07] pelo menos 30 activistas da Federação Socialista de Associações de Juventude (SGDF) foram mortos numa explosão levada a cabo por um bombista suicida do ISIS, na cidade de Suruç, no sudeste da Turquia, perto da fronteira síria. Os jovens activistas encontravam-se reunidos para uma conferência de imprensa antes da viagem até Kobane, a cerca de 13kms de Suruç, onde planeavam ajudar a reconstruir a cidade.

Este ataque é consequência directa das políticas do presidente Erdoğan de apoio ao ISIS na Síria. Recentemente, Erdoğan tem feito planos de intervenção militar na Síria, e o discurso proferido no rescaldo deste último ataque terrorista indica precisamente as suas intenções militaristas. Esta atrocidade mostra inequivocamente que serão os trabalhadores e pobres turcos e curdos quem pagarão o preço pelo apoio tácito de Erdoğan ao ISIS.

O massacre prova ainda que militantes do ISIS, armados com armas e bombas, actuam e movimentam-se livremente dentro da Turquia. Pela primeira vez, o ISIS ataca directamente uma organização socialista dentro da Turquia. Isto mostra a natureza profundamente reaccionária e anti-trabalhadores deste grupo terrorista.

Nós, Sosyalist Alternatif (CIT na Turquia), solidarizamo-nos com o SGDF, já que este é um ataque a todos nós.

 

  • Fim à guerra e ao plano de ocupação da Síria e Rojava pelas forças turcas!
  • Pela abertura das fronteiras para facilitar o movimento de pessoas e bens para Kobane, necessários à reconstrução da cidade!
  • Demissão imediata dos ministros turcos do Interior e Negócios Estrangeiros!
  • Fim ao apoio do governo turco ao ISIS e outros grupos jihadistas!
  • Fim às políticas estatais hostis ao PYD [Partido de União Democrática, do Curdistão] e ao povo curdo!
  • Por uma nova onda de luta de massas dos trabalhadores e pobres turcos e curdos contra o terror jihadista e contra o governo do AKP!