Todos em Defesa da Escola Pública, Universal, Gratuita e de Qualidade

Posted on 14 de Junho de 2013 por

0


Manif_SPGL

Todo o apoio à Greve dos Professores! Todo o apoio à Greve Geral!

O Socialismo Revolucionário saúda a luta dos Professores contra a destruição da Escola Pública perpetrada pelo Governo e a mando da Troika e dos grupos económicos e religiosos que se preparam para lucrar com esta destruição.

O Governo e seus apoiantes vomitam provocações atrás de provocações, quase acusando os profissionais da educação de “tomar os estudantes como reféns”, de “por em causa o futuro dos estudantes” e outros dislates do mesmo calibre. A verdade é que é o Governo que toma toda a população como refém e destrói o futuro de todos, sejam eles crianças ou jovens, adultos ou idosos.

É por isso mesmo que esta luta não é só dos professores. E pena é que as suas organizações sindicais tenham feito apenas tímidos esforços para apelar à solidariedade activa dos próprios estudantes e dos seus pais.

O Socialismo Revolucionário exorta os estudantes, nomeadamente do Ensino Secundário e aos seus Pais e Encarregados de Educação a apoiarem activamente a greve dos professores e a exigir ao Governo condições dignas para todos nas Escolas.

Governo Fora da Lei

Este Governo, que atropela constantemente as leis para servir os seus amos da Troika e dos grandes grupos económicos escuda-se na incapacidade do Prof. Dr. Cavaco Silva fazer aquilo que é a sua principal missão: cumprir e fazer cumprir a Constituição.

Este Governo, e o seu Primeiro-ministro, chantageiam o Poder Judicial, ameaçando alterar a Lei da Greve caso o tribunal arbitral não reverta a sua decisão sobre os serviços mínimos.

Este Governo ameaça não cumprir a Constituição ao recusar-se a pagar a tempo e horas os subsídios de férias e de Natal aos trabalhadores do sector público.

autocolante a6_01Este Governo Não Tem Educação! Este Governo Não Tem Perdão!  

Este Governo só pode ser derrotado pela constante mobilização laboral e popular, que torne impossível ao Governo governar. As propostas e programas com que o PSD e o CDS-PP ganharam a maioria parlamentar foram todas rasgadas e mesmo nesses partidos cresce a contestação.

Ao estarmos solidários com a Greve dos Professores, apelamos à constituição de Comités para a Greve Geral, que auxiliem os Sindicatos, e que envolvam a população não sindicalizada, mas que tem todos os motivos para vir à luta. Apelamos também à dinamização de piquetes de greve onde se defende e greve e se sensibiliza a população, a Greve é uma luta, não uma “folga”. A Greve Geral é de todos!

Professores, pais e alunos juntos pela Greve Geral!

Fora o Governo! Fora a Troika! Demissão Já!