Eles semeiam miséria mas vão colher Resistência

Alterações às leis de Trabalho:
Discutir o quê?

declaração do Socialismo Revolucionário

O Governo e o patronato não descansam na ânsia de, a coberto da crise, atacar as condições de vida e trabalho e destruir conquistas ainda detidas pelos trabalhadores.

Depois dos ruinosos PEC’s e Orçamento de Estado querem agora mexer no Código de Trabalho e outras leis laborais para “domesticar” os trabalhadores, precarizando totalmente o trabalho e reduzindo as indemnizações em caso de despimento.

E vai mais longe, querendo ligar, nos contratos de trabalho, a questão do salário e da produtividade, abrindo a porta assim, à redução salarial, sempre que seja conveniente ao patronato.

São os próprios especialistas do governo e do patronato que dizem que 2011 verá ainda mais despedimentos, mas a solução que apontam é safar os patrões das suas responsabilidades.

Isto é absolutamente inaceitável! Não há discussão possível!

Não faz sentido sequer que os Sindicato aceitem discutir estes ataques!Os trabalhadores e as suas organizações sindicais devem manifestar de imediato o seu completo repúdio pelas intenções do governo e do patronato. O que o Governo quer fazer, a mandado da União Europeia dos Patrões e do FMI, é acelerar o roubo dos salários e a destruição das condições de trabalho que devemos ter, a níveis que já se aproximam do Século XIX.

Greve Geral de 24 de Novembro: foi só o começo da Resistência

Greve Geral de 24 de Novembro: foi só o começo da Resistência

A Greve Geral mostrou a clara revolta e disposição de luta e resistência de amplos sectores dos trabalhadores e outros sectores sociais afectados pelos ataques governamentais e a crise do capitalismo. Há condições de resistir e vencer!

O que nos cabe a nós fazer é unir e dinamizar a luta e a solidariedade, é ganhar novos activistas e a juventude estudantil, os reformados, os imigrantes, promovendo a troca de experiências e o debate para a formação de uma alternativa politica e económica às politicas de recessão, anti-laborais do governo a direcção do PS e dos seus parceiros políticos – Cavaco, PSD e PP.

O Socialista Revolucionário – Comité por uma Internacional dos Trabalhadores em Portugal renova o desafio à esquerda parlamentar – o BE e o PCP – para que iniciem um debate, que, em articulação com o movimento sindical , nomeadamente a CGTP, para apresentar uma alternativa dos trabalhadores não só no campo económico mas no plano politico e social.

Enquanto isso, apelamos à criação de Comissões de Luta e Solidariedade, eleitas nos locais de trabalho e comunidades para apoiar a resistência que se está a desenvolver em Portugal, na Europa e no Mundo

O Socialista Revolucionário saúda a anunciada greve dos Trabalhadores da GroundForce contra os anunciados despedimentos no Aeroporto de Faro, bem como manifesta total solidariedade aos trabalhadores dos STCP e da Carris sob ameaça de despedimentos. Saudamos a luta dos trabalhadores do Município de Lisboa contra a destruição de serviços públicos Municipais e em defesa dos postos de trabalho.

Estas e outras lutas que se estão a desenrolar confirma o que nos diz a experiência: a Luta é o Caminho!

Anúncios

Um pensamento sobre “Eles semeiam miséria mas vão colher Resistência

  1. Têem todo o meu apoio. Vivo nos Açores e gostaria de estar em contacto com apoiantes vossos nestas terras. Podem me dar alguma informação?
    Andam a conseguir fazer o que querem, ao ritmo de uma economia selvagem em que o único valor que importa é lucro. Este sistema, que é mundial, está errado, está em colapso e a única maneira de manter este sistema será com a perda de direitos justos adquiridos. Não podemos deixar. Tenho é muita pena, que muita gente, ainda espere que os outros façam o que eles não fazem, há muito comodismo e ainda há muitos a dormir.

    Obrigada

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s