A Revolução de Abril e a Crise na Educação Hoje

Há 34 anos a Revolução de Abril representou para juventude o acesso à democratização do ensino, libertação do pensamento e da acção, e em conjunto com suas famílias a melhoria significativa das condições de vida.

Hoje o governo dito “socialista” afirma-se empenhar na educação e na formação dos jovens e da população em geral, mas o que assistimos em Portugal é um ataque brutal à escola e universidade públicas, com subfinanciamento, falta de apoios sociais aos estudantes, propinas incomportáveis cada vez mais aos estudantes e suas famílias.

As novas medidas dos Ministérios da Educação, Ensino Superior e Ciência Tecnologia apontam numa clara direcção: transformação das escola e ensino superior em entidades que estão à serviço dos grandes grupos económicos e não das reais necessidades dos portugueses.

E o mesmo faz o Ministério do Trabalho mais a sua revisão do Código Laboral “garantindo” mais precariedade, mais exploração, mais trabalho escravos parta beneficio das empresas de trabalho temporário para os jovens e todos os trabalhadores.

Em contrapartida, vemos florescer o ensino nas universidades privadas, onde a qualidade é no mínimo discutível, mas essa é a única alternativa para muitos milhares de jovens provenientes de famílias trabalhadoras. Vimos o deputado Vitalino Canas a representar os interesses das empresas de trabalho temporário, as “agências de escravatura moderna” garantindo mais lucros para eles e mais facilidade de despedimentos para nós.

Diferentes países, juventude com os mesmos problemas:

Em todo o mundo a juventude sofre com o desemprego, precarização, rebaixamento da qualidade do sistema de ensino, sendo forçada a alargar o período de dependência económica das suas famílias. Essa situaçao não é só em Portugal, mas também em países ricos da União Europeia, como na Alemanha, os estudantes a cada semestre vêem as propinas subirem e a precarização do ensino aumentar casa vez mais, por exemplo, as salas de aula conta com mais alunos do que deveria e a quantidade de professores não é suficiente.

Se olharmos para o resto do mundo notamos que a situação da juventude é mais grave ainda: no Brasil 82% dos jovens entre 17 e 25 anos estão fora do Ensino e evidentemente não possuem empregos dignos; o que resta para muitos deles é a criminalidade.

E esse fenómeno não é “privilégio” do Brasil, mas de toda a América Latina, que durante toda a década de 90 sofreu com as políticas neoliberais, semelhantes a do nosso actual governo, e que se não fossem as actuais lutas os estragos dessas políticas seriam até piores.

Isto acontece porque o mundo está a ser destruído por uma organização social e económica que apenas visa o lucro individual e que por isso torna legitimas a exploração e opressão.

O Capitalismo e o Imperialismo espalham a destruição do Ensino Publico, a sua eliminação, como espalham a pobreza, a guerra, a destruição ambiental.

Com Organização e luta podemos mudar essa realidade!

Na América Latina, na Europa , na Ásia e na Africa, o Socialismo, enquanto sociedade que visa o bem colectivo reconquista espaço e começa a reentrar na agenda politica

Em Portugal temos um falso Partido e um falso Governo Socialista!

Um verdadeiro Governo Socialista investiria seriamente no ensino público de qualidade universal e gratuito. Um verdadeiro Governo Socialista apoiaria efectivamente os jovens na habitação estudantil e outros apoios sociais claros. Para isso usaria parte da obscena riqueza acumulada nos bancos e outras instituições financeiras e que hoje destina-se apenas a especulação e geração de mais lucro para cada vez menos pessoas.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s