Liberdade imediata para todos os presos políticos mapuche

Divulgamos, no espírito do Internacionalismo, um artigo sobre uma luta quasi desconhecida em Portugal. Os mapuche são uma nação nativa chilena que sofrem a opressão e a descriminização.

Parar a repressão contra a Nação Mapuche

Nos últimos anos temos visto como a repressão tem aumentado contra as comunidades Mapuche. Uma parte importante do aparelho repressivo do Estado chileno está concentrada no território mapuche, em muitos casos para realizar fabricações que impliquem em delitos em alguma das nossas comunidades e ter a desculpa para as reprimir.

O Estado chileno e os mapuche.

A actual presidenta do Chile Michelle Bachelet, como expressão máxima dos racistas criollos acusou os melhores representantes e defensores do território e direitos da Nação Mapuche, de “delinquentes”. A Nação mapuche no seu conjunto não aceita isso, porque os irmãos que hoje estão presos nos cárceres chilenos não são delinquentes, os delinquentes estão entre os que usurparam o nosso território e não entre os que hojo estão lutando por recuperá-lo, estão na elite deste país, entre os que hoje defende e representa a senhora Bachelet.

Quem são os delinquentes?

Os únicos delinquentes que existem neste país são os que se apropriaram do território mapuche, os donos das empresas florestais, da madeira, das celuloses e todos os empresários que se apropriaram das nossas riquezas naturais, dos minérios, da pesca, os donos das empresas produtoras de electricidade e muitos mais, que inclue os representantes que estes empresários têm no Parlamento, no Poder Judicial e nos aparelhos repressivos del Estado chileno.

A luta social esta ressurgindo com força no Chile

Felizmente que hoje está a ressurgir com força a luta social, a luta pelos direitos dos trabalhadores e não deixa de ser algo emblemático que um dos sectores que primeiro se mobilizou foram os trabalhadores das companhias florestais, luta na qual inclusive foi assassinado o operário florestal Rodrigo Cisternas, como já tinha sido assassinado Alex Lemun.

Que devemos fazer os que vivemos nas cidades?

A nossa tarefa principal hoje é organizarmo-nos, para lutar pelos nossos direitos como mapuche urbano, mas também temos como um dos nossos principais deveres apoiar a luta que está a ser travada pelos nossos irmãos nas comunidades do conjunto da Nação mapuche.


Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s