Holanda: Imigrantes morrem em incêndio “como ratos numa gaiola”

O centro de detenção temporária não tinha padrões de segurança adequados

Um bombeiro cansado e velho, com muitos anos de experiência, tinha lágrimas nos olhos. Ele balançou sua cabeça: “Alguma coisa terrivelmente errada aconteceu esta noite”. Outro trabalhador de socorros disse: “Isso foi realmente terrível; tivemos que retirar todos os prisioneiros mortos das suas celas. Eles não tiveram hipóteses.”
Depois de um terrível incêndio no centro de detenção no Aeroporto Internacional de Schiphol, perto de Amsterdam, Holanda, 11 corpos estendidos esperavam para serem transportados para a morgue para a identificação. Muitos deles foram retirados do prédio por macas improvisadas com portas da prisão. O incêndio, que começou logo depois da meia-noite do dia 27 de Outubro, matou 11 e feriu 15.
O centro de detenção era na verdade uma prisão provisória. Foi construída para alojar os correios de drogas (principalmente da América Latina) que ingerem cocaína em bolsas de plástico. Depois também foi usada para prender imigrantes ilegais. O incêndio durou três horas nas 12 celas com capacidade para duas pessoas. A prisão consistia em unidades pré-fabricadas. Cerca de 300 pessoas estavam detidas no centro. Uma ala inteira foi destruída, mostrando claramente a sua má concepção e demosntrando que os bombeiros foram chamados tarde demais. As celas só podiam ser abertas manualmente e os corredores eram muito estreitos.
A Organização Européia de Proteção aos Detidos depois de conversar com os sobreviventes concluiu: “Eles estavam como ratos na gaiola.”
O quadro de funcionários não estava completo e aqueles que trabalhavam não estavam qualificados para os procedimentos de incêndio. Um dos prisioneiros entrevistados indicou que os guardas subestimaram o incêndio. Quando os prisioneiros sentiram o cheiro de fumo, os guardas recusaram-se a acreditar. O sindicato do sector público (ABVAKABO) deixou claro que os prisioneiros de celas temporárias estão sob maior risco do que aqueles em prisões normais. Há menos guardas e recebem um treino pior. O porta-voz do sindicato, Dieter, disse que três guardas eram responsáveis por 43 prisioneiros.
Depois dos incêndios anteriores (houve dois, um quando o prédio ainda não estava em função) as organizações de segurança apontaram que o edifício não se enquadrava nos critérios de segurança. Apesar de terem sido tomadas medidas posteriormente, elas foram claramente insuficientes.
A tragédia é uma clara consequência da forma como pequenos traficantes de drogas, normalmente desesperados pela pobreza, e imigrantes “ilegais” são tratados pelos governos de toda a Europa. A máfia política do “detenção e expulsão” é responsável pelas condições na prisão temporária de Schiphol. Muitos dos que procuravam asilo morreram quando foram repatriados para os países de origem. Estes não contam para as preocupações do governo.
Este desastre revelou abertamente a toda a gente o destino dos imigrantes. Muitos holandeses apercebem-se da propaganda racista e anti-imigrante dos principais partidos, de sectores da comunicação social e do governo. Um sinal disso foi a corajosa manifestação de holandeses contra o tratamento aos imigrantes ilegais na noite após o desastre da prisão de Schiphol.
Os socialistas revolucionários exigem um inquérito independente pelos sindicatos e organizações dos direitos dos imigrantes ao incidente e suas causas, incluindo as políticas governamentais. Os sindicatos e a esquerda devem fazer uma campanha contra as leis de imigração racistas e as condições bárbaras nas quais os imigrantes e os em busca de asilo são alvo. A contra-ofensiva aos cortes sociais do governo holandês deve continuar e avançar, unindo os trabalhadores de todas as origens. É necessário que toda a gente tenha acesso a habitação, emprego e salários decentes e um sistema realmente baseado no bem-estar devem para todos.
por Elizabeth Bakker, CIT, Amsterdam, da versão do Socialismo Revolucionário, o CIT no Brasil

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s